Fechar

Fábrica Ponte Nova:

Av. Mário Martins de Freitas, 6.000
Ana Florência - Ponte Nova - MG - Brasil
CEP 35432-077
Tel.: (31) 3819.3200 - Fax: (31) 3819.3215


CENTRAL DE ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR: 0800 039 1439

Fábrica Mutum:

Rodovia MG 108 km 02, S/N°
Zona Rural - Mutum - MG - Brasil
CEP 36955-000
Tel./Fax: (33) 3312.2333
 

Porto Alegre

Viver Bem

Conheça os benefícios para a sua saúde ao levar nossos produtos para a sua mesa.

29 de abril de 2013

Quais os benefícios e cuidados com a manteiga e o requeijão?

Um hábito bastante comum no dia a dia dos brasileiros é ter à mesa do café da manhã ou do lanche da tarde um pote de requeijão e uma manteiga fresquinha. Os ingredientes acompanham o bom e velho pão francês, outro costume mais que brasileiro, apesar do nome. Manteiga e requeijão, os dois acompanhantes tão comuns, além de saborosos, podem ajudar ou prejudicar a saúde.

Normalmente, a primeira pergunta que o consumidor faz é: quanto posso consumir de manteiga ou requeijão por dia? A médica Isabel Correia, especialista em Nutrição e professora de Cirurgia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), garante que isso depende de cada organismo. “A quantidade é relativa e depende da dieta de cada pessoa, do tanto de gordura que ela consome diariamente e da sua saúde”.

Por serem dois alimentos saborosos, eles são incluídos na compra mensal das residências, mas o fundamental e recomendado por médicos é o consumo do leite e seus principais derivados. “O requeijão esta na lista, mas a manteiga tem pouca quantidade de cálcio”, observa Isabel. Esse nutriente é fundamental nas refeições de crianças, adultos e idosos, pois colabora com a formação óssea e no combate à osteoporose (doença que enfraquece os ossos).

Os benefícios:

Apesar de não ser rica em cálcio, a manteiga é fonte de lipídios, responsáveis pela síntese dos hormônios, transporte de vitaminas e também ótima fonte de vitamina A – fundamental a saúde dos olhos. O requeijão, por sua vez, além de ser fonte de importante de cálcio, contém proteína, nutriente que participa do processo de crescimento e desenvolvimento do sistema imunológico.

Há algum tempo a manteiga vem travando uma briga com a margarina pela preferência na escolha dos brasileiros. Tudo por que a segunda opção tem gordura vegetal e não animal.

Pessoas que estão com sobrepeso, não praticam exercícios físicos ou possuem excesso de colesterol no sangue podem escolher as opções com teor reduzido de gorduras ou calorias. No mercado, os requeijões e manteigas ligths são encontrados com facilidade. Dessa forma, os temperos típicos dos cafés e lanches podem ser consumidos com tranquilidade e o prazer do sabor desfrutado com atenção e cuidado. Outra dica é conversar com um nutricionista ou médico especialista para um acompanhamento em casos especiais.

(fonte: Silemg)

Por Latícinios Porto Alegre

Outras Matérias

Escolha abaixo uma matéria